CURSO DISCURSO E CRIMES DE ÓDIO: RACISMO E LGBTFOBIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO 

APRESENTAÇÃO

Segundo dados coletados por grupos defensores de direitos humanos da comunidade LGBT o Brasil lidera o ranking mundial de assassinatos de pessoas LGBT e, a cada hora, uma pessoa LGBT sofre algum tipo de violência em nosso país. Consoante o levantamento do Disque 100 da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, a quantidade de denúncias de intolerância religiosa cresceu mais de sete vezes em 2012 em relação a 2011, representando um aumento de 626%. E, ainda, conforme o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, no “Atlas da Violência 2016″ (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, e Fórum Brasileiro de Segurança Pública – FBSP) três mulheres são assassinadas por dia no Brasil. Em síntese, a ofensa, o escárnio, o vilipêndio, as lesões corporais, e até a morte, são cenas do cotidiano em nosso país.

 

Dentre os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, por outro lado, está o de promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, ou quaisquer outras formas de discriminação (art. 3º, IV). O que, para o Estado, no exercício do poder punitivo, corresponde ao dever de investigar, processar e julgar crimes cuja perpetuação tragam como traço característico a raça/etnia, a fé professada e/ou a orientação e identidade sexual e de gênero.  

 

Trata-se, pois, de coibir aqueles que podem ser definidos como crimes de ódio cuja marca fundamental encontra-se na repulsa ao “outro” manifestada por diversas condutas tipificadas em nossa legislação.   

 

Ante este quadro pretende-se com o curso, mediante a disseminação do conhecimento, provocar a reflexão e a incidência prática em questões ainda  pouco debatidas em espaços de formação e atualização de diferentes profissionais, especialmente, do direito. 

OBJETIVOS

  • Proporcionar, desde uma perspectiva metodológica que estimule a participação e o diálogo, a reflexão crítica sobre o discurso do ódio como o motivador de crimes que maculam a liberdade, a igualdade, o respeito às diferenças e  a não-discriminação.   

  • Compreender o significado do discurso do ódio desde o Texto Constitucional e os principais tratados e convenções de direitos humanos dos quais o Brasil é signatário.  

  • Esboçar os contornos conceituais do racismo e da homo/lesbo/transfobia. 

  • Problematizar os temas do racismo e a homo/lesbo/transfobia desde o incorporado (ou em discussão sobre a incorporação) no sistema penal normativo brasileiro. 

METODOLOGIA

A metodologia adotada tem como objetivo estimular a participação e o diálogo, relacionando a teoria à prática, dando ênfase à reflexão crítica a partir de leituras e análises de texto sempre precedidas de uma exposição ampla sobre o assunto de cada aula pela docente responsável, intercalando momentos de exposição e participação das alunas e dos alunos.  

As atividades consistirão (i.) na contextualização dos temas propostos a partir de reflexões teóricas através de literatura pré-selecionada para além da bibliografia base e complementar para que (ii.), a seguir, seja possível às cursistas e aos cursistas elaborar suas próprias perspectivas sobre tais assuntos desde casos concretos previamente também previamente selecionados.

 

À professora, em seu papel de facilitadora da reflexão e discussão, caberá sempre confrontar as diversas posições apresentadas e, em caso de uniformidade, questionar sobre outras possíveis formas de atuação judicial e/ou extrajudicial sobre cada tema.

DESENVOLVIMENTO DO CURSO

O curso será desenvolvido na modalidade presencial, com duração de 8 horas, conforme abaixo distribuídas.  

ENCONTRO 1. DISCURSO DE ÓDIO E CRIMES DE ÓDIO 

Carga horária: 4h

  

ENCONTRO 2. RAÇA E RACISMO E CRIMES DE ÓDIO 

Carga horária: 4h. 

  

ENCONTRO 3. LGBTFOBIA E CRIMES DE ÓDIO 

Carga horária: 4h.

PÚBLICO-ALVO

O curso destina-se a profissionais de diferentes áreas tais como direito, psicologia, serviço social, bem como a estudantes em escolas preparatórias para a magistratura, ministério público ou defensoria pública ou a profissionais em atualização nestas carreiras.  

MODALIDADE

Presencial 

RECURSOS NECESSÁRIOS

Computador, data show, telão, equipamento de áudio e vídeo, acesso internet, quadro branco. 

CONTATO

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

BRASÍLIA

SRTVS, quadra 701, Centro  Empresarial Brasília, Bloco A, sala 822.


70.340-907, Brasília/Distrito Federal.
atendimento@soraiamendes.com.br
+ 55 61 99855-067

© 2020 Todos os direitos reservados

Contato